Quem são os brasileiros obrigados a declarar o Imposto de Renda

maio 27, 2020 Geraldo 0

Os brasileiros que são obrigados a declarar o Imposto De Renda Para Pessoa Física estão ansiosos para saber todas as informações sobre o cronograma IRPF 2021. No artigo de hoje vamos falar um pouco sobre esse assunto para você entender como funciona o cronograma IRPF 2021.

O Imposto De Renda Para Pessoa Física é um tributo que alguns brasileiros devem pagar obrigatoriamente ao Governo Federal. Essa cobrança é feita apenas uma vez por ano e ela significa que uma parte do dinheiro que você ganhou com os seus rendimentos vai para o governo.

As declarações de imposto de renda das pessoas físicas em 2018 só foram obrigatórias para os cidadãos que receberam rendimentos superiores a R$ 1.903,99 no mês, ou seja, isso significa que apenas quem ganhou acima desse valor deve fazer a declaração.

Para entender melhor como funcionam essas declarações, ler esse artigo vai te ajudar muito.

Quem precisa declarar o IRPF?

Nem todos os cidadãos brasileiros devem fazer a declaração do Imposto De Renda e anualmente este valor é ajustado. Em breve, atualizaremos todas as informações referentes a 2021.

A tabela do Imposto De Renda não vem sendo atualizada desde 2015, ou seja, desde então esse valor não sofreu nenhuma alteração.

Pode ser que até 2021 ocorra ainda alguma alteração no cronograma IRPF 2021 e em seus valores. Enquanto isso não acontece, você pode conferir as seguintes informações sobre quem deve declarar:

  • Pessoas que ganharam rendimentos de até R$ 1.903,98 mensais não precisam fazer a declaração;
  • Pessoas que ganharam rendimentos de R$ 1.903,99 a R$ 2.826,65 devem declarar e pagam uma alíquota de 7,5%;
  • Pessoas que tiveram rendimentos de R$ 2.826,66 a R$ 3.751,05 devem declarar e pagar uma alíquota de 15%;
  • Pessoas que tiveram rendimentos de R$ 3.751,06 a R$ 4.664,68 devem declarar e pagam uma alíquota de 22,5%;
  • Pessoas que tiveram rendimentos maiores que R$ 4.664,68 devem declarar e pagam uma alíquota de 27,5%.

Você tem direito a Restituição do IRPF?

Um dos tópicos presentes no cronograma IRPF 2021 diz respeito a restituição do Imposto De Renda. Muitos cidadãos brasileiros já ouviram falar sobre esse tema, mas não sabem ao certo o que significa.

Todos os anos, a Receita Federal, através do seu sistema, verifica todas as deduções dos seus contribuintes e checa se elas foram referentes a gastos com despesas médicas, com dependentes, entre outras.

Se for constatado que sim, o sistema determina que sejam aplicados descontos nessa declaração, podendo resultar em algum dinheiro que esses contribuintes poderão receber.

Cronograma IRPF 2021

Ainda não foi publicado oficialmente o cronograma e o calendário referente ao IRPF de 2021. Consulte o IRPF 2021 e o seu cronograma!

Lote Data Remuneração Selic Declarações transmitidas até:
1 15/06/2018 Não informada Prioridades
2 16/07/2018 Não informada  
3 15/08/2018 Não informada  
4 17/09/2018 Não informada  
5 15/10/2018 Não informada  
6 16/11/2018 Não informada  
7 17/12/2018 Não informada  

O cronograma pode ser consultado nessa página.

Geralmente, essa declaração é feita no meio do ano. Todo o processo de declaração é feito de maneira online através do programa da Receita Federal. Você poderá acessar e baixar através desse site.

Escolha a opção para fazer o seu download, espere o programa baixar e preencha todas as informações necessárias.

Para consultar informações sobre o seu imposto, você deverá visitar o site oficial da Receita Federal.

Carros Altos

10 CARROS IDEAIS PARA QUEM GOSTA DE CARRO ALTO

maio 13, 2020 Geraldo 0

Para quem é fã de carro, vale mencionar que existem diversas modalidades organizadas especialmente para agradar cada tipo de público. Se você prefere os carros altos, saiba que existem diversos modelos que podem ser perfeitos para você. Quer saber mais? Confira a seguir 10 carros ideias para quem gosta de carro alto.

Carros Altos
Carros Altos

Kicks

O Kicks é um dos modelos mais indicados desta categoria da marca Nissan.  O Kicks 2021 pode ser um dos mais econômicos da modalidade de carros altos.

Hyundai Creta

O Hyundai Creta 2021 dispõe de um visual muito moderno, tecnologia interna e conforto para os passageiros. O carro possui 1635 mm de altura.

Land Rover

Para quem preza, não somente pelo visual do veículo como também pelo espaço que ele proporciona, pode apostar na Land Rover. Além de ser um modelo alto, pronto para terrenos difíceis, dispõe de muito espaço interno.

Nissan Sentra S

A Nissan tem diversos modelos que são destaques em outras categorias, mas para os veículos altos, o destaque é do modelo Sentra S. A versão de 2018 do carro é uma das mais altas da marca.

Honda WR-V EXL

A Honda também não fica de fora, tendo o modelo Honda WR-V EXL representando a modalidade de veículos altos. O carro pode até ser considerado compacto, mas possui 207 mm de distância da parte de baixo do veículo para o solo.

Ford Ka Trail

A Ford tem o modelo Ka Trail para representar a marca na modalidade de veículos mais elevados. O carro também irá dispor de muito espaço interno e inclusive, na mala.

Fiat Uno Way

Para quem acha que a Fiat só proporciona qualidade para os veículos baixos, vale lembrar que o Uno Way dispõe de 190 mm de distância entre a arte de baixo de o carro e o solo. O modelo é ideal para quem tem uma família grande e precisa de espaço.

Hyundai HB20X

Outro modelo da Hyundai que também possui altura superior a maioria dos veículos, dispondo de 206 mm entre a parte de baixo do veículo e o solo.

Renault Kwid

É Kwid é um veículo da Renault muito popular em diversos aspectos, e ele também não decepciona quem busca um carro alto para muitos tipos de terreno, seja na área urbana ou rural.

Volkswagen Gol

Para representar a Volkswagen na categoria de carros mais altos, temos o Gol. As versões mais recentes deste modelo já têm agradado em outros aspectos e para os carros altos não foi diferente.

Sem imagem

Como utilizar o Enem para ingressar em um curso de nível superior

maio 13, 2020 Geraldo 0

Nota de Corte do SISU 2021

A nota do ENEM é, diga-se de passagem, um dos pontos mais importantes para quem deseja utilizar o SISU como forma de ingressar em alguma universidade pública de qualidade no próximo ano.

Existe a Nota de Corte, que é a adoção por parte de algumas instituições de ensino participantes de uma nota mínima para a inscrição para determinados cursos oferecidos por elas aos estudantes.

No momento em que o estudante faz sua opção, ele é informado se a sua nota será suficiente para concorrer ou não àquela vaga. Caso ela não seja suficiente, o estudante poderá escolher por outra vaga em outro curso na mesma instituição, ou tentar uma vaga em outra universidade.

Outro ponto importante que o candidato deverá ter em conta é que algumas instituições participantes do SISU costumam adotar peso diferentes para as provas do ENEM, sendo que esta informação estará disponibilizada no momento em que a inscrição estiver sendo feita.

Lista de espera do SISU 2021

Considerada uma espécie de segunda chance para os candidatos que desejam ingressar numa universidade pública usando a nota do ENEM e o SISU, a famosa Lista de Espera é uma boa opção, pois representa a oportunidade de conquista de vagas ociosas por conta de desistências, falta de apresentação de documentos e perdas dos prazos.

Todas estas vagas são destinadas à Lista de Espera, e o estudante deverá fazer manifestar seu interesse em participar dela diretamente no boletim do candidato, no site oficial do SISU.

Após a chamada regular, o SISU disponibiliza para as instituições participantes a Lista de Espera, que será destinada ao preenchimento de vagas que não foram ocupadas durante a primeira chamada.

É importante deixar claro que só poderão participar da Lista de Espera SISU 2021 os estudantes que não foram selecionados na primeira opção de curso durante a chamada regular.

Seguindo as nossas dicas, você ficará bem mais perto de conseguir uma vaga na instituição do seu sonho e sairá na frente dos seus concorrentes. Caso ocorra alguma dúvida relacionada ao resultado SISU 2021 você poderá deixá-la nos comentários. Boa Sorte!

Sem imagem

Como usar a nota do ENEM para entrar na universidade

maio 6, 2020 Geraldo 0

Vai participar do Enem? O Exame Nacional do Ensino Médio padronizou a forma de ingresso em instituições de ensino tanto públicas como particulares, e quem souber usar sua nota pode conseguir garantir a vaga no nível superior. Se você quer entender como aplicar a pontuação, leia o texto a seguir:

SISU

O Sistema de Seleção Unificada (SISU) é responsável pela distribuição de vagas na rede pública de ensino e abre vagas duas vezes por ano, ao início de cada semestre.

Ter um bom desempenho no Enem é essencial para garantir o seu ingresso através do Sisu, pois a nota de corte do programa tende a ser bem alta. Além disso para poder se inscrever, o estudante precisa ter alcançado nota maior que 449 pontos, sem poder zerar a prova de redação.

Mas é importante mencionar que quem não conseguir participar da prova do Enem, pode se inscrever para o Educa Mais Brasil sem a nota do exame. Há oportunidades para todos os estudantes interessados!

PROUNI

Como você conferiu, o Sisu é o sistema responsável pela rede pública. Enquanto isso, o Programa Universidade Para Todos (Prouni) ficará com a distribuição de vagas para a rede pública.

O Prouni é destinado para os estudantes que concluíram o ensino médio na rede pública ou na rede particular na condição de bolsista integral.

O sistema também abre inscrições duas vezes ao ano, permitindo que os estudantes escolham duas opções de curso para concorrer. Além disso, quem ficou bem próximo de conseguir a bolsa ainda pode ter uma chance de conseguir através da lista de espera do Prouni.

FIES

O Fies é uma opção diferente dos recursos mencionados acima. Na verdade, trate-se de um financiamento estudantil a longo prazo, em que o estudante só começa a pagar depois de um determinado período ao finalizar o curso.

O programa possui algumas exigências de participação e ter realizado o Exame acional do Ensino Médio, tendo tirado nota mínima de 450 pontos é uma delas.

Vestibular Tradicional

Quem não conseguiu alcançar uma bolsa utilizando as opções mencionadas acima, ainda pode ter uma outra oportunidade de ganhar vantagem com o Enem.

Essa opção está relacionada como vestibular interno. Como você deve saber, para toda e qualquer instituição de ensino, é necessário passar por uma avaliação. Quem vai estudar em uma faculdade particular, terá de ser aprovado no vestibular tradicional.

Entretanto, os estudantes que participaram do Enem podem ser dispensados da avaliação se tiverem uma nota correspondente com a média da instituição. Até mesmo os bolsistas do Educa Mais Brasil que participaram de versões anteriores do Enem podem utilizar o recurso.